Revista CCI, Edição 124 – Pastoral do Dízimo

A primeira exortação apostólica pós-sinodal do Papa Francisco nos convida a anunciar e viver o Evangelho com alegria, contagiando as pessoas para fazerem uma experiência pessoal com Cristo. Mas para que o Evangelho seja anunciado com alegria é preciso a conversão das nossas comunidades que exige, conforme nos propõe o documento de Aparecia, passar “de uma pastoral de mera conservação para uma pastoral decididamente missionária”[1]. Baseado nisso, o Papa Francisco insiste que as comunidades da Igreja Católica “se esforcem por atuar com os meios necessários para poder avançar no caminho de uma conversão pastoral e missionária”[2]. E uma das formas da conversão pastoral e missionária passa pelo sentido de pertença e de cuidado para com a comunidade cristã que se estabelece, necessariamente, pela contribuição do dízimo.

Com este espírito, o Conselho Editorial da Revista Caminhando com o Itepa traz a contribuição de vários professores e acadêmicos que nos ajudam a refletir sobre o dízimo ou mais precisamente sobre a Pastoral do Dízimo.

O primeiro texto é da reflexão e da experiência de dois padres da Diocese de Chapecó: Pe. Ademir Rubini e Pe. Alcido Kunzler. Os autores trazem a fundamentação bíblica da Pastoral do Dízimo. Na primeira parte do artigo, os professores refletem sobre a experiência do dízimo na Tradição Judaica presente no Antigo Testamento e, na segunda parte, a releitura da prática do dízimo no Novo Testamento.

Pe. Anderson Costa Pereira nos ajuda com a experiência da coleta para a Igreja de Jerusalém. Com fundamentação histórica, exegética e teológica, o professor traz presente a importância da “coleta dos santos” como forma de cuidar da Igreja de Jerusalém para poder relacioná-la com a Pastoral do Dízimo da Igreja nos tempos atuais.

De Jerusalém vamos a Medellín a fim de resgatar a contribuição dos bispos latino-americanos. Neste sentido, o professor Pe. Adriano André Maslowski e o acadêmico de teologia Leonardo Envall Diekmann nos ajudam a fazer um olhar hermenêutico da Igreja de Medellín a partir da História. Os autores resgatam o espírito profético e o comprometimento da Igreja latino-americana para com os pobres e desfavorecidos a partir da renovação eclesial suscitada pelo Concílio Vaticano II.

O artigo seguinte faz uma relação entre o Dízimo e a Pastoral Social. O professor Pe. Nelito Nonato Dornelas traz presente várias iniciativas da Igreja vistas como formas de cuidado para com as comunidades cristãs até chegar ao recente documento sobre a Pastoral do Dízimo. Em seu artigo podemos verificar dados recentes da Igreja Católica e da sua relevância no campo social, bem como algumas definições, dimensões, finalidade e orientações da Pastoral do Dízimo e sua relação com a comunidade de fé.

A parte final desta edição traz duas entrevistas. A primeira, é com o Pe. Carlos Jarosceski sobre o Dízimo como sinal de fé realizada pelo professor Pe. Ivanir Antonio Rodighero e pelo acadêmico de teologia Moisés Jeremia. Nesta entrevista, o pároco da paróquia São Vicente de Paulo de Passo Fundo nos ajuda a mostrar, a partir da experiência paroquial, que o dízimo é uma partilha motivada pela fé e que gera participação, comunhão e corresponsabilidade na evangelização.

A segunda entrevista é um verdadeiro testemunho de vida dedicada à missão. O entrevistado é Dom Pedro Carlos Zilli, bispo de Bafatá, Guiné-Bissau/África sobre o Dízimo e a Ação Missionária na Guiné-Bissau. Em seu depoimento, o bispo fala da sua vida, da vida do seu povo – o povo africano – com sua cultura, sua religiosidade, suas alegrias, bem como dos desafios da evangelização em terras estrangeiras. Fala também da relação entre o Brasil e a África na dimensão missionária e da importância da Pastoral do Dízimo para a ação evangelizadora da Igreja africana, sobretudo do seu aspecto missionário.

[1] CELAM. Documento de Aparecida. São Paulo: Paulinas, 2007, n.370.
[2] Papa FRANCISCO. Exortação Apostólica Evangelii Gaudium. São Paulo: Paulinas, 2013, n.25.

Nesta edição você encontrará:

  • A fundamentação bíblica da Pastoral do Dízimo, texto dos padres Ademir Rubini e Alcido Kunzler;
  • A experiência da coleta para a Igreja de Jerusalém, texto do Pe. Anderson Costa Pereira;
  • A Igreja de Medellin: um olhar hermenêutico a partir da História, texto de Leonardo Envall Diekmann e Adriano André Maslowski;
  • Dízimo e Pastoral Social, texto do Pe. Nelito Nonato Dornelas;
  • Dízimo, sinal de fé: entrevista com o Pe. Carlos Jarosceski;
  • Dízimo e Ação Missionária na Guiné-Bissau: entrevista com Dom Pedro Carlos Zilli, Bispo de Bafatá, Guiné-Bissau/África;

Veja aqui a versão completa em PDF [em breve]
Para assinaturas e informações sobre edições anteriores envie e-mail: revista@itepa.com.br, ou preencha formulário aqui.

Informações técnicas
Título: Revista Caminhando com o Itepa – Planejamento Pastoral
Autor: Faculdade de Teologia e Ciências Humanas – ITEPA FACULDADES
Número: 124
ISSN: 1677-860X
Mês/Ano: Novembro/2018
Páginas: 100